terça-feira, 27 de setembro de 2011

Como ajudar seus animais de estimação em caso de emergência

Criamos os nossos animais como pessoas da nossa família. Eles são criaturas que estão sempre do nosso lado e que precisam do nosso carinho e apoio. Mas por vezes, eles são como as crianças. Sentem dores, têm problemas de saúde, precisam de cuidados médicos especiais, e claro, precisamos estar aptos para esse tipo de eventualidades. A pensar em si e no seu animal de estimação, o Dicas Caseiras preparou um interessante e importante artigo, onde ensinará a si como prestar os primeiros socorros aos seus pequenos e estimados animais.

Os cães e os gatos, como qualquer outro tipo de animal de estimação, podem se colocar em situações bastante perigosas e sofrer alguns acidentes que precisam de cuidados imediatos e precisos. É importante saber que cada tipo de situação tem uma maneira indicada para ser tratada, por isso, vamos comentar cada uma delas:

Como prestar os primeiros socorros aos seus animais.

Convulsões epilépticas:

Além das pessoas, os animais também podem apresentar epilepsia ou então, apresentarem convulsão originada por alguma doença. Mas há uma pequena diferença. No caso das pessoas, temos a preocupação em não deixarmos a sua língua enrolar, mas no caso dos animais, se isso acontecer, não se preocupe, até porque para eles, isso não causará sufocamento. Por isso, tenha atenção às escoriações. Nesse caso, deite o seu animal em cima de um tapete e faça mimos nele. As convulsões epilépticas duram alguns minutos, mas depois passam. O ideal é deixar o seu animal calmo, daí a dica de fazer mimos nele. Se tiver acontecido somente uma vez, procure imediatamente o seu médico veterinário. Se o seu animal estiver em tratamento, é só seguir as recomendações médicas.
Desmaios e Choques eléctricos:

Antes de qualquer coisa, massaje o tórax do seu animal. Se a respiração do seu bicho de estimação estiver muito fraca, abra a boca e dê umas puxadas na sua língua. Faça isso dentro do carro, a caminho da clínica. Não perca tempo, porque nesse caso, será mesmo muito grave.


Picada de insectos:

Se o seu animal de estimação aparecer com as pálpebras, focinho e boca inchada, ele pode ter sido picado por algum insecto ou até mesmo por formigas que vivem perto de si. Nessa situação, leve-o para tomar injecção de antialergénico com máxima urgência.



Atropelamentos e Queimaduras:

No momento em que seu animal de estimação sofrer algum tipo de queimadura, use bastante água gelada ou simplesmente compressa com gelo e leve-o imediatamente para uma clínica veterinária mais próxima. Dependendo do tipo da queimadura, seu animalzinho precisará de outros cuidados importantes. Se for o caso, do seu bicho ter sofrido um atropelamento, antes de mais tenha calma, é preciso muita calma nesse momento. Há atropelamentos que só acontecerá uns arranhões ou pequenas fracturas, mas de qualquer forma, leve-o sempre no veterinário. Enquanto não chega na clínica tenha atenção em colocar uma focinheira no seu animal já que com a dor ele pode morder. Mesmos traumas “aparentemente” leves, devem sempre ser examinados e medicados por um médico, até porque ele pode sofrer hemorragias internas, e se for esse o caso, pode demorar a dar qualquer sinal.

Sem comentários:

Enviar um comentário